São Paulo:
(11) 3876-8500
Dedetizadora São Paulo

São Paulo: (11) 3876-8500  |

Uniprag em outros estados: 0800 704 1528

Redes Sociais:
  

São Paulo:

Central de Atendimento:

Conheça as doenças mais perigosas transmitidas por mosquitos

Os mosquitos são os insetos mais mortais da terra

Doenças transmitidas por mosquitos

Sendo a praga urbana mais temida pelos indivíduos, os mosquitos são pequenos insetos extremamente perigosos e que devem ser controlados. A cada ano pelo menos 1 milhão de pessoas ao redor do mundo morrem através das doenças que os mosquitos transmitem. Esse fato deu à este pequeno animal o título de maior responsável por mortes de seres humanos. Ou seja, fiscalizar sua presença e proliferação é essencial para garantir a autoproteção.

Existem pelo mundo mais de 3,5 mil espécies de mosquitos, porém algumas delas oferecem maiores perigos devido às doenças que podem transmitir. Dentre os tipos de mosquitos temidos estão as espécies Anopheles, Aedes e Culex. Todo ano são feitas várias campanhas de conscientização e prevenção sobre a presença dos mosquitos nas cidades, para que assim seja possível conter determinados surtos de doenças.

O investimento neste tipo de serviço é primordial para que a sociedade esteja informada a respeito dos perigos oferecidos por esses pequenos animais. É preciso que as pessoas saibam quais são as doenças causadas e suas formas de prevenção e tratamento.

Conheça abaixo as doenças mais perigosas transmitidas pelos mosquitos e mantenha-se informado sobre este risco constante:

Dengue

Ocasionada por um vírus e transmitida pelo Aedes aegypti, chega a contagiar até 390 milhões de indivíduos por ano. Normalmente presente em áreas tropicais e subtropicais esses insetos buscam por recipientes abandonados a céu aberto que se encham de água parada de chuvas para reproduzir.

Estes podem ser desde caixas d’água, pneus, latas até alguns vasos de plantas, piscinas e aquários abandonados. Quando colocados nas paredes de recipientes, os ovos da fêmea podem resistir sem água por muitos meses. Podem transmitir dois tipos da dengue, a clássica e a hemorrágica.

Sintomas: Febre alta, dor de cabeça, atrás dos olhos, nas articulações e músculos, náuseas e vômitos, fadiga, possível sangramento do nariz ou das gengivas.

Tratamento: Não há ainda um tipo de tratamento específico para a pessoa infectada com esta doença, porém, o acompanhamento médico visa impedir seu estágio crítico através do aumento das plaquetas do indivíduo.

Malária

Sendo uma doença infecciosa transmitida pelas picadas das fêmeas do mosquito Anopheles, a malária é uma doença que demanda com urgência um tratamento eficiente. Desta forma é possível impedir seu desenvolvimento acelerado que pode acabar prejudicando diferentes órgãos do corpo.

O maior problema relativo à esta doença fica por parte do diagnóstico, já que a picada dessa espécie de mosquito tem um efeito mais lento no corpo humano. Isso faz com que a pessoa afetada só possa notar os seus primeiros sintomas após algum tempo.

Sintomas: Calafrios, febre alta, transpiração, diarréia, intensas dores de cabeça e musculares, taquicardia, aumento do baço e em alguns casos, delírios.

Tratamentos: Apenas um médico pode vir a diagnosticar um indivíduo que esteja infectado com a malária. Dependendo da gravidade da doença é que a forma de tratamento adequado será indicada.

Chikungunya

Transmitida também pelo mosquito Aedes aegypti, essa doença se popularizou no Brasil a partir de 2015 após variados surtos ao redor do país. Nessa época o número de pessoas atingidas pela doença chegou a 20.660. Num período de 3 a 7 dias os indivíduos picados já começam a sentir os sintomas.

Os riscos relacionados à sua reprodução são os mesmos que os da dengue, visto que a espécie transmissora é a mesma. Para impedir sua proliferação é preciso que se recolham os possíveis objetos abandonados com água parada e também realizar o controle de mosquitos.

Sintomas: Dor nas articulações, dor nas costas, febre, dor de cabeça, fadiga, náuseas, vômitos, erupções cutâneas.

Tratamentos: Assim como a dengue, este problema também não possui um tipo específico de tratamento. Contudo, por meio do acompanhamento médico e do uso dos remédios indicados é possível controlar essa doença.

Zika

Também transmitida pelo Aedes aegypti e em alguns casos pelo Aedes albopictus, essa doença passou a assustar os indivíduos após um surto no Brasil em 2015, assim como o chikungunya. O contágio principal ocorre pela picada do mosquito que carrega o vírus consigo por toda vida.

Essa doença é extremamente perigosa para grávidas pois caso infectada a mulher pode transmitir a doença para o feto. Outra forma de contágio arriscada dessa doença é através das relações sexuais, uma vez que o vírus pode se fazer presente nos fluidos de ambos os sexos.

Sintomas: Aparecimento de erupções na pele com coceira, febre baixa, olhos vermelhos sem secreção, dor nas articulações, dor nos músculos, dor de cabeça, podendo ainda haver ainda problemas como fraqueza nas pernas e paralisia facial.

Tratamentos: Não há nenhum tipo de tratamento específico da doença, somente métodos que visam aliviar seus sintomas. É essencial um acompanhamento médico para evitar a piora do paciente e são recomendados alguns medicamentos pelo especialista.

Se você necessita controlar os mosquitos que voam perto do seu ambiente, entre em contato com a Termitek Uniprag em São Paulo. Somos referência no controle de vetores e pragas urbanas. Não deixe que um pequeno mosquito te derrube, solicite um orçamento e tire todas as suas dúvidas em relação aos nossos serviços!

ALÉM DO SÃO PAULO, VOCÊ ENCONTRA NOSSA QUALIDADE EM TODOS ESSES ESTADOS.

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo:

CLOSE
CLOSE

Pin It on Pinterest

Share This