São Paulo:
(11) 3876-8500
Avaliação

Acidentes com escorpião marrom se tornam cada vez mais comuns em SP

O escorpião marrom tem feito vítimas frequentes em São Paulo

Dedetização de Escorpiões em São Paulo

Em 2018 já foram registrados 11,5 mil casos de escorpionismo em São Paulo, segundo o portal R7. Ou seja, são 2 ataques dos animais peçonhentos por hora. Em 2017, o total de casos chegou a 21,7 mil. Ou seja, esses números alarmantes só mostram o quanto é importante a contratação da dedetização de escorpião marrom. Ele é um dos mais comuns na região.

As crianças são os indivíduos que mais sofrem com o problema. O pior de tudo é que o veneno escorpiônico pode causar até a morte, por conta de suas complicações. Além disso, as crianças são inocentes e acabam achando que o animal é um brinquedo. Ou seja, é mais fácil que elas tenham contato direto com eles.

Conheça mais sobre o escorpião marrom

O escorpião marrom tem o nome científico de Tityus bahiensis. Já falamos sobre ele aqui nesta matéria. É importante conhecer essas pragas peçonhentas para identificá-las no ambiente.

A ação do veneno é neurotóxica, ou seja, provoca dor local e tem sintomas como enjoo, vômitos, tontura, dor de cabeça, tremor, espasmos musculares, suor, palidez e até falta de ar. Algumas complicações que podem acontecer são: paradas cardíacas e arritmias.

Como aliviar a picada do escorpião marrom?

Se o escorpião marrom te picar, procure rápido atendimento. Mas, antes disso, para aliviar a dor aplique uma compressa de água morna no local. Segundo o site Tua saúde, você pode usar analgésicos e antiinflamatórios, porém, pergunte ao seu médico de confiança antes de ingerir o medicamento.

Previna-se da picada do escorpião marrom em São Paulo

Confira algumas dicas para evitar a presença do animal e também dificultar seu acesso direto a ele:

• Tire acúmulo de objetos de casa – não crie um abrigo de escorpiões;
• Higienize com frequência o quintal, tendo cuidado especial com pedras e entulhos;
• Proteja-se com roupas especiais e botas ao entrar em mata fechada;
• Mantenha animais que são predadores dos escorpiões e evite a proliferação de insetos, que servem de alimento para eles;
• Inspecione roupas de cama, objetos pessoais e calçados antes de usá-los;
• Contrate a dedetização de escorpiões periódica.

Se a sua região possui incidência de escorpião marrom, não hesite em chamar uma controladora de pragas que entende do assunto. Em São Paulo, conte com a Termitek Uniprag. Atuamos na região metropolitana e interior de SP prestando serviços de excelência em dedetização. Possuímos equipe altamente qualificada. Solicite um orçamento conosco!

 

LIGUE PARA A UNIPRAG MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo:

 





CLOSE
CLOSE

Pin It on Pinterest

Share This